E.T. – O Extraterrestre: 35 anos de encantamento

Por Armando Martinelli

E.T. – O Extraterrestre, um dos grandes clássicos do cinema mundial, completa 35 anos em 2017. Recorde de bilheteria, aclamado pela crítica, a história do alienígena perdido na Terra mantém seu encanto até hoje, pois trata-se daqueles filmes primorosos tanto do ponto de vista narrativo como técnico.

O então jovem Steven Spielberg, já reconhecido em razão do sucesso de Contatos Imediatos do Terceiro Grau, que lhe concedeu sua primeira indicação ao Oscar de Melhor Diretor, retoma em E.T. a ficção do mundo extraterreno, mas, diferentemente de Contatos Imediatos, o qual realiza sob a perspectiva dos adultos, dessa vez o faz pela visão das crianças.

No entanto, o grande equívoco que pode ser cometido com relação a E.T. é rotulá-lo somente como um filme sobre extraterrestres. Por trás das estripulias de Elliott (Henry Thomas) e seus irmãos Michael (Robert MacNaughton) e Gertie (Drew Barrymore) para esconderem o amigo alienígena da perseguição dos policiais e demais autoridades que buscam capturá-lo a todo custo, reside o cerne da produção, a mensagem sobre ser uma criança em meio ao divórcio dos pais, suas reações, a solidão.

O mundo do jovem Elliot transcorre na tela, já que grande parte do filme é fotografado com a câmera à meia altura, representando literalmente o ponto de vista de uma criança. Com isso, o diretor transforma todos os espectadores em crianças também. Essa foi a forma encontrada por Spielberg para manter um tom de fábula ao filme, e, assim, nos colocar literalmente dentro dessa jornada pela mente de uma criança tentando se adaptar à sua nova realidade.

Não bastassem o roteiro afinado, os efeitos especiais requintados para a época e toda a genialidade de Spielberg, E.T. ainda conta com uma trilha sonora arrebatadora, composta por John Williams, o que lhe valeu sua 14ª indicação ao Oscar na categoria e sua quarta vitória (foi a quarta trilha na História do Cinema a levar, no mesmo ano, o Oscar, o Globo de Ouro, o Grammy e o BAFTA).

E.T. – O Extraterrestre é merecidamente reverenciado mundo afora, sendo uma obra obrigatória às crianças e para todos os adultos que não se privam de cultivar a magia dessa época da vida.

 

Confira o trailer comemorativo dos 20 anos da obra, completos em 2002.  – https://www.youtube.com/watch?v=qYAETtIIClk