Editorial: As deficiências e as barreiras

O Jornal da PUC-Campinas, edição 166, aborda duas questões que se tornam uma: as deficiências e as barreiras. Pensar o que são as deficiências é pensar, necessariamente, o que impede que nós as compreendamos.

A linguagem é fundamental para esse processo- em construção- sobre a compreensão das deficiências. Afinal, o que significa uma deficiência? A significação será mediada pela linguagem, pelos discursos, por isso, o Jornal da PUC-Campinas acha fundamental uma edição que debata essa questão por vários pontos de vistas, calcados em pesquisas científicas e projetos acadêmicos da Universidade.

Falar sobre a questão das deficiências e suas barreiras contribui para que possamos desvendar alguns mitos e algumas evidências acerca das deficiências. Nesta edição, trazemos reportagens sobre a relação de pais e mães com os filhos autistas, a inclusão social no esporte, o universo do trabalho para pessoa com deficiência, a violência contra essa população, o sujeito com deficiência na inclusão escolar, uma dica de leitura sobre o tema, além de uma entrevista com uma ex-aluna da Universidade, que tem cegueira congênita.

O jornal também traz uma crítica sobre o filme O Homem Elefante, que se tornou um clássico do cinema, com um forte conteúdo social e de enorme reflexão para uma sociedade que depois de muitos anos ainda produz um discurso de normalidade.

Precisamos pensar no que é dito sobre a pessoa com deficiência, pois é esse dizer que vai se configurar em barreiras simbólicas, discursivas e sociais, atingindo a esfera do político.

 Boa leitura!