Espaço Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários

Projetos de Extensão são classificados entre os melhores do país em Edital do MEC 

A PUC-Campinas submeteu 26 propostas, sendo 12 projetos e 14 programas de extensão ao Edital PROEXT 2016 MEC/SESu, publicado pelo Ministério da Educação. Trata-se do principal instrumento de financiamento da Extensão Universitária do país. Todas as propostas da PUC-Campinas foram avaliadas positivamente, sendo que 16 obtiveram nota final acima de 91 pontos, numa escala que varia entre 0 e 100 pontos.

O resultado final contemplou 3 programas e 5 projetos com recursos financeiros para apoiar seu desenvolvimento, perfazendo um total de R$ 1.305.929,13. Com este resultado, a PUC-Campinas ficou em 8º lugar dentre todas as Instituições de Ensino do país que apresentaram propostas e, pelo segundo ano consecutivo, em 1º lugar no segmento das Instituições Comunitárias de Ensino Superior (ICES)

RESULTADO FINAL EDITAL PROEXT 2016  
PROGRAMAS E PROJETOS CLASSIFICADOS E CONTEMPLADOS COM RECURSOS NO TOTAL
DOCENTE MODALIDADE TÍTULO
1. Pedro de Miranda PROGRAMA Desenvolvimento de Atuação em Rede para cooperativas de catadores de materiais recicláveis de Campinas-SP.
2. Karina de Carvalho Magalhães PROGRAMA Empreendedorismo e Empregabilidade: desenvolvendo competências e preparando Pessoas com Deficiência para o Mundo do Trabalho no Centro Interdisciplinar de Atenção à Pessoa com Deficiência (CIAPD) da PUC-Campinas.
3. Roberto Silva Jr PROGRAMA Esporte e Lazer: estratégias de participação e tecnologia para a inclusão de pessoas com deficiência.
DOCENTE MODALIDADE LINHA TEMÁTICA
1. Fábio Augusto Morales Soares PROJETO Lugares da religião em Campinas: patrimônio, espaço e cultura material.
2. Vagner Roberto Bergamo PROJETO Esportes Unificados: Modelo Para o Desenvolvimento do Esporte e Lazer Inclusivo.
3. José Henrique Spécie PROJETO Oficina da Cidadania.
4. Cristiane Feltre PROJETO Observatório de políticas públicas e migrações da RMC.
5. Amilton da Costa Lamas PROJETO Promoção da inclusão social/digital de deficientes visuais através de soluções de Engenharia Elétrica.

 

tabela 1

tabela 2