População reduz consumo de energia após projeto da PUC-Campinas

Projeto de Extensão contribui com a sustentabilidade ambiental considerando o conforto térmico e a iluminação

Por Amanda Cotrim

O Projeto de Extensão “Sustentabilidade Ambiental Considerando o Conforto Térmico e a Iluminação” teve impacto real na vida da comunidade externa, público-alvo do projeto, possibilitando uma melhora nas condições de vida e no conhecimento sobre o conforto térmico e a iluminação. “A economia na conta de energia elétrica foi a mudança mais relatada pelas pessoas que participaram do projeto. Apresentamos a elas alguns tipos de lâmpadas, mostrando o desempenho e o consumo, o que deu mais clareza para que os participantes do projeto pudessem escolher lâmpadas mais econômicas”, explica o docente responsável pelo projeto e professor da Faculdade de Engenharia Elétrica, Prof. Me. Francisco de Salles Cintra Gomes.

O Projeto de Extensão foi realizado com a participação de trabalhadores da construção civil vinculados à Comunidade São Francisco e com o Centro de Assistência Social (CAS) Copiosa Redenção, na região do Campo Grande, em Campinas. Ao todo, 30 pessoas foram impactadas diretamente e 150 indiretamente pelo projeto. O Projeto de Extensão contou com a participação de um professor e de três estudantes universitários, bolsistas de Extensão, com o intuito de desenvolver atividades, oficinas na forma dialogada e material didático, com a participação de trabalhadores da construção civil, desenvolvendo temas sobre a sustentabilidade ambiental de projetos e/ou construções no que tange ao conforto térmico e à iluminação.

Coordenador do Projeto de Extensão/ Crédito: Álvaro Jr
Prof. Salles, responsável pelo Projeto de Extensão/ Crédito: Álvaro Jr

O Projeto desenvolvido entre 2014 e 2015 teve como foco estimular a conscientização dos participantes para o tema da Sustentabilidade Ambiental e para a conduta cidadã. “Foi um contínuo e mútuo aprendizado”, observa Salles. “Durante os trabalhos, todo o conhecimento acadêmico foi colocado em prática, envolvendo os estudantes de extensão que tiveram a oportunidade de conviver com realidades econômicas e culturais diferentes”, acrescenta. A receptividade da comunidade externa também foi um fator importante, ressalta o docente.

Aluno de Extensão, Matheus Fontanesi, atuou no ano de 2015. / Crédito: Arquivo
Aluno de Extensão, Matheus Fontanesi, atuou no ano de 2015. / Crédito: Arquivo

A importância da Extensão:

“Os resultados do Trabalho de Extensão são excelentes. Além do conhecimento conjunto adquirido nas atividades, os participantes que constituem o  público-alvo têm reais possibilidades de melhorar suas condições de vida, com a conscientização de que podem ser agentes multiplicadores, levando às suas casas e aos amigos o conhecimento adquirido sobre Sustentabilidade Ambiental considerando o Conforto Térmico e a Iluminação”, enfatiza Salles. Já para os alunos bolsistas de Extensão , o projeto deu condições para uma formação integral, por meio da vivência, da participação e da contribuição para com outra realidade, como aponta o docente. “É a busca de soluções para uma sociedade melhor”, resume Salles.

Reportagem da TV PUC-Campinas.