Professores de Direito representam Universidade em congresso internacional

O Diretor da Faculdade de Direito da PUC-Campinas, Prof. Dr. Peter Panutto, apresentou o artigo científico “O Estudo de Caso como método pedagógico para a construção da cultura de precedentes judiciais diante do novo Código de Processo Civil (CPC): uma análise baseada no Projeto Pedagógico do Curso (PPC) de Direito da PUC-Campinas”, no V Encontro Internacional do Conselho Nacional de Pesquisa em Direito (CONPEDI), que ocorreu em Montevidéu, no Uruguai, no mês de setembro. O artigo foi escrito em coautoria com o também docente da Faculdade de Direito, Prof. Dr. Guilherme Perez Cabral.

Prof. Dr. Guilherme Perez Cabral e Prof. Dr. Peter Panutto,Diretor da Faculdade de Direito da PUC-Campinas/ Crédito: Álvaro Jr.
Prof. Dr. Guilherme Perez Cabral e Prof. Dr. Peter Panutto,Diretor da Faculdade de Direito da PUC-Campinas/ Crédito: Álvaro Jr.

O estudo tem como objeto o Projeto Pedagógico do Curso de Direito da PUC-Campinas e trata do desafio colocado pelo novo Código de Processo Civil da construção de uma cultura de respeito aos precedentes judiciais, o que passa necessariamente pela reformulação pedagógica da educação jurídica, mediante o estudo de casos como prática adequada à formação técnica e crítica de bacharéis competentes ao uso desse novo instituto processual.

O evento congregou os programas de Mestrado e Doutorado em Direito do Brasil e foi uma possibilidade de intercâmbio entre as pesquisas jurídicas realizadas no Brasil e no Uruguai, com discussão também de temas da América Latina. Esse evento, um dos maiores sobre pesquisa em Direito no Brasil, atraiu mais de mil professores e estudantes, brasileiros e uruguaios, na Universidade da República do Uruguai. Os artigos aprovados serão publicados no livro do evento.

Segundo o Professor Panutto, o qual também atua como professor pesquisador na Universidade, a pesquisa em Direito propicia a construção de novo conhecimento jurídico, estabelecendo uma visão crítica do Direito. “É a pesquisa jurídica que permite a contemporânea concepção da educação jurídica, de modo a formar não meros ‘operadores do Direito’, mas, sim, bacharéis em Direito protagonistas capazes de compreender, interpretar e reconstruir a concepção da sociedade em que vivemos”.