Arquivo da tag: administracao

Planejamento que gera eficiência

Por Prof. Dr. Ricardo Pannain

 A Pró-Reitoria de Administração – PROAD – órgão de planejamento, supervisão e coordenação, que oferece apoio para todas as atividades-fim da Instituição é composta pelas Divisões de Logística e Serviços; Orçamentos, Contas e Materiais; Infraestrutura e Recursos Humanos.

A Divisão de Logística e Serviços – DLS – conta com frota de veículos que são utilizados para o deslocamento de funcionários, professores e alunos, além de atender às demandas administrativas e coletivas do dia a dia. Gestora do plano de gerenciamento de resíduos sólidos, a DLS tem a incumbência de realizar o armazenamento adequado dos resíduos infectantes, químicos, biológicos, orgânicos e recicláveis que são destinados corretamente para preservação do Meio Ambiente. Somadas a essas atividades, cabe, ainda, à DLS a conservação e higienização de todos os Campi e das áreas verdes. Segurança patrimonial também é atribuição da Divisão de Logística e Serviços.

A Divisão de Orçamento, Contas e Materiais – DOCM – atua na gestão do orçamento da Instituição e é a responsável por todas as aquisições de materiais e serviços e distribuição dos suprimentos necessários para o desenvolvimento das atividades administrativas e acadêmicas.

A Divisão de Infraestrutura e Espaços Físicos – DIEF – conta com equipe de arquitetos, engenheiros e manutentores responsáveis pelos projetos e layouts, pela manutenção e conservação das edificações, além da supervisão e gerenciamento das novas obras edificadas nos Campi. Em conjunto com o Departamento de Segurança Universitária da Divisão de Logística e Serviços e com o Departamento de Engenharia e Segurança do Trabalho da Divisão de Recursos Humanos, a DIEF também elabora os planos de emergência fazendo o controle e a manutenção dos sistemas de prevenção e combate a incêndios.

A Divisão de Recursos Humanos – DRH – responde pelas contratações, desenvolvimento e gerenciamento do quadro de pessoal da Universidade e assessorada pelos Departamentos de Engenharia e Segurança do Trabalho e de Medicina do Trabalho, zela pela segurança e pela saúde dos funcionários do Corpo Técnico-Administrativo e do Corpo Docente, implementando medidas de segurança, avaliações ergonômicas e programas de qualidade de vida, buscando sempre o bem-estar dos funcionários.

Ao longo dos anos, a PROAD, cuja denominação, anteriormente, era Vice-Reitoria Administrativa, por meio de suas divisões, deu suporte às demais Pró-Reitoras em suas atividades-fim (Ensino, Pesquisa e Extensão), promovendo a atualização do parque computacional, novas construções, reformas das instalações, atualização e modernização das tecnologias de higienização, conservação, manutenção, segurança e saúde, além de promover a atualização de seus colaboradores, para melhor atendimento à comunidade.

A finalidade primeira da PROAD no âmbito da Instituição é propiciar sempre que o Ensino, a Pesquisa e a Extensão sejam praticados pela Universidade, com qualidade, eficácia e excelência.

Prof. Dr. Ricardo Pannain é Pró-Reitor de Administração da PUC-Campinas

Tome Ciência: Mês de outubro

Formatação de Texto!

Calma! Não é uma tarefa de outro planeta. Escrever em uma linguagem acadêmica pode ser complicado. Mas se há algo que dá tanto trabalho quanto é a formatação do texto dentro das normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

O ideal é que a produção do texto e a formação aconteçam simultaneamente, para que o trabalho árduo de formatação não fique para o final do processo. Assim, fica mais fácil “memorizar” as normas. Contudo, como as dificuldades sobre a ABNT não são consenso, estudantes da Universidade Federal de Pernambuco criaram uma plataforma onde é possível editar o texto já dentro de templates padronizados. Confira a reportagem da Revista Galileu clicando aqui. E abra este link para usar a plataforma.

Estudo compara padrões do sono em casas com e sem luz elétrica:

Um novo estudo observou diferenças no ciclo diário e na produção de melatonina entre pessoas que têm energia elétrica em casa – e são expostos à luz artificial à noite – e quem não tem acesso à eletricidade.

O estudo foi feito por pesquisadores do Brasil, do Reino Unido e da Suécia, que compararam padrões de sono de uma população de seringueiros e operários que vivem e trabalham em áreas remotas da Amazônia brasileira.

Confira a reportagem completa no site da FAPESP. 

CIAPD prepara pessoas com deficiência para o mercado de trabalho

Uma das formas mais significativas de inclusão social é a entrada no mercado de trabalho. Pensando deste modo, o Centro Interdisciplinar de Atenção à Pessoa com Deficiência (CIAPD) da PUC-Campinas, em parceria com a Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da PUC-Campinas, abre as portas para pessoas com deficiência física, mobilidade reduzida, sensorial, intelectual e múltipla, a partir de 16 anos de idade.

O CIAPD foi criado na década de 90, e desde então promoveu diferentes modalidades de projetos sempre com ênfase na inclusão social da pessoa com deficiência. Especificamente, no ano de 2014, adentrou uma nova fase no trabalho de inclusão social, voltada para a preparação da pessoa com deficiência para o mercado de trabalho.

 Confira a reportagem completa, aqui. 

 

Espaço Pró-Reitoria de Administração

Segura é assunto sério

4-banner2-jornal-site-pucc-2014

Por Pró-Reitoria de Administração

Para contribuir para a segurança nos campi, a PUC-Campinas dispõe de corpo de segurança próprio composto por Vigias e Inspetores de Alunos que atuam nos campi em postos fixos ou móveis. Em complemento às atividades, são utilizadas motocicletas e automóveis com identificação visual e luminosa.

 Todos os integrantes do serviço recebem treinamento rotineiro que tem como objetivos principais o adequado atendimento ao público, a atuação preventiva por meio da ostensividade, a orientação à Comunidade Interna e a garantia de ambientes seguros.

Como equipamentos auxiliares, a Universidade dispõe de modernos aparelhos de rádiocomunicação e de sistema de câmeras de monitoramento, controlados por uma Central de Emergência, cuja intervenção pode ser solicitada pelo telefone 3343-7387. Registre-se, também, o constante relacionamento com os órgãos de segurança pública para a atuação nos ilícitos que ocorrem na área externa da Instituição. Nesse sentido, a Universidade faz-se representar nas reuniões mensais dos Conselhos de Segurança Comunitária, Integrado de Polícia e de Trânsito e Transportes.

A Pró-Reitoria de Administração é responsável pela Segurança nos campi/ Crédito: Álvaro Jr.
A Pró-Reitoria de Administração é responsável pela Segurança nos campi/ Crédito: Álvaro Jr.

Vale lembrar que segurança é dever de todos, daí seguem algumas dicas para a Comunidade Interna:

 – mantenha os objetos pessoais sob sua guarda;

– estacione seu veículo nos bolsões internos e nas vagas demarcadas para tal;

– respeite a sinalização de trânsito interna;

– dê preferência para os pedestres;

– respeite as restrições da Lei Antifumo e das normas internas;

– utilize caixas eletrônicos em locais que tenha movimento de pessoas;

– transite em grupo na área externa da Universidade;

– não porte, ostensivamente, objetos ou valores;

– denuncie ilícitos pelo telefone 3236-3040 e utilize a opção do registro eletrônico de ocorrências pelo site da Secretaria de Segurança Pública.