Arquivo da tag: doutorado

Especialização na PUC-Campinas

A Pós-Graduação Lato Sensu na PUC-Campinas tem como objetivo atender a uma demanda específica do mercado de trabalho, por meio do oferecimento de “cursos de especialização” que sejam capazes de promover o aprofundamento e a complementação de conhecimentos, visando dotar os alunos de habilidades e competências que são necessárias ao domínio de uma determinada função profissional.

A carga horária mínima dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu, que são os cursos de especialização, é de 360 horas e esses cursos são oferecidos aos portadores de diploma de curso superior, de acordo com a Legislação vigente que é a resolução do Conselho Nacional de Educação de 08 de junho de 2007.

Para o 1º semestre de 2017, serão oferecidos os seguintes Cursos de Especialização:

Na área da Saúde:

  1. Especialização em Desenvolvimento do Potencial Humano nas Organizações;
  2. Especialização em Enfermagem em Terapia Intensiva;
  3. Especialização em Enfermagem em Urgência e Emergência;
  4. Especialização em Enfermagem em Saúde Pública;
  5. Especialização em Geriatria e Gerontologia;
  6. Residência Multiprofissional em Saúde: Saúde da Criança, Saúde da Mulher, Urgência e Trauma, e Intensivismo.

Na área de Economia e Administração:

  1. Especialização em Gestão Empresarial;
  2. Especialização em Contabilidade, Auditoria e Controladoria;
  3. Especialização em Gestão Pública.

Na área de Linguagem e Comunicação:

  1. Especialização em Jornalismo Esportivo; e
  2. Especialização em Comunicação Institucional e Estratégica.

Na área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas:

  1. Especialização em Direito “O Novo Processo Civil Brasileiro”;
  2. Especialização em Direito Tributário;
  3. Especialização em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho;
  4. Especialização em Direito Penal e Direito Processual Penal.

Na área de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologias:

  1. Especialização em Construções, Comunidades e Planejamentos Sustentáveis;
  2. Especialização em Engenharia de Segurança no Trabalho.

 

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. 

Professores de Direito representam Universidade em congresso internacional

O Diretor da Faculdade de Direito da PUC-Campinas, Prof. Dr. Peter Panutto, apresentou o artigo científico “O Estudo de Caso como método pedagógico para a construção da cultura de precedentes judiciais diante do novo Código de Processo Civil (CPC): uma análise baseada no Projeto Pedagógico do Curso (PPC) de Direito da PUC-Campinas”, no V Encontro Internacional do Conselho Nacional de Pesquisa em Direito (CONPEDI), que ocorreu em Montevidéu, no Uruguai, no mês de setembro. O artigo foi escrito em coautoria com o também docente da Faculdade de Direito, Prof. Dr. Guilherme Perez Cabral.

Prof. Dr. Guilherme Perez Cabral e Prof. Dr. Peter Panutto,Diretor da Faculdade de Direito da PUC-Campinas/ Crédito: Álvaro Jr.
Prof. Dr. Guilherme Perez Cabral e Prof. Dr. Peter Panutto,Diretor da Faculdade de Direito da PUC-Campinas/ Crédito: Álvaro Jr.

O estudo tem como objeto o Projeto Pedagógico do Curso de Direito da PUC-Campinas e trata do desafio colocado pelo novo Código de Processo Civil da construção de uma cultura de respeito aos precedentes judiciais, o que passa necessariamente pela reformulação pedagógica da educação jurídica, mediante o estudo de casos como prática adequada à formação técnica e crítica de bacharéis competentes ao uso desse novo instituto processual.

O evento congregou os programas de Mestrado e Doutorado em Direito do Brasil e foi uma possibilidade de intercâmbio entre as pesquisas jurídicas realizadas no Brasil e no Uruguai, com discussão também de temas da América Latina. Esse evento, um dos maiores sobre pesquisa em Direito no Brasil, atraiu mais de mil professores e estudantes, brasileiros e uruguaios, na Universidade da República do Uruguai. Os artigos aprovados serão publicados no livro do evento.

Segundo o Professor Panutto, o qual também atua como professor pesquisador na Universidade, a pesquisa em Direito propicia a construção de novo conhecimento jurídico, estabelecendo uma visão crítica do Direito. “É a pesquisa jurídica que permite a contemporânea concepção da educação jurídica, de modo a formar não meros ‘operadores do Direito’, mas, sim, bacharéis em Direito protagonistas capazes de compreender, interpretar e reconstruir a concepção da sociedade em que vivemos”.

 

 

A Pesquisa na PUC-Campinas

Por Profa. Dra. Sueli do Carmo Bettine

 Na década de 1980, foram implantadas na PUC-Campinas as Coordenadorias de Pós-Graduação e de Estudos e Apoio à Pesquisa, os Núcleos de Extensão de Saúde e Educação, a Assessoria de Planejamento da Reitoria, além de diretrizes da Carreira Docente. Como forma de fomentar a Pesquisa e a Extensão, a Universidade passou a contar com docentes em regime de dedicação para o desenvolvimento de projetos de Pesquisa, Extensão e Capacitação para os Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu.

Ainda nesse período, foram implantados os Programas de Bolsa de Pós-Graduação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior/Ministério da Cultura (CAPES/MEC) e o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (1993).

A consolidação da Pesquisa na Universidade ocorreu durante a década de 1990; entretanto, é a partir de 2002, com a instalação da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, que se estabeleceu uma política de Pesquisa e Pós-Graduação. Tal política promoveu a reorganização dos Grupos de Pesquisa já existentes e a constituição de novos Grupos de Pesquisa, possibilitando a integração entre as atividades-fim da Universidade: Ensino, Pesquisa e Extensão.

As atividades de Pesquisa na PUC-Campinas ocorrem no âmbito dos Grupos de Pesquisa Institucionais que são certificados pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação junto ao Diretório dos Grupos de Pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq/MCTI; atualmente, a Universidade tem 46 Grupos de Pesquisa institucionalmente certificados junto ao CNPq.

As atividades desenvolvidas no âmbito dos Grupos de Pesquisa da PUC-Campinas visam contribuir para a expansão e consolidação da Pós-Graduação Stricto Sensu no país; tais atividades são desenvolvidas por docentes pesquisadores e seus orientandos de doutorado, mestrado, iniciação científica, de programas de educação tutorial e de trabalhos de conclusão de curso de graduação.

Os Projetos de Pesquisa são de natureza institucional, vinculados às Linhas de Pesquisa dos Grupos de Pesquisa e abrigados no contexto de um Plano de Trabalho de Pesquisa do Docente Pesquisador. As Linhas de Pesquisa são exclusivamente de natureza Institucional e definidas em conjunto com a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, considerando-se as políticas de fomento da Pós-Graduação no país e o desenvolvimento de áreas estratégicas para a PUC-Campinas e, ainda, alinhadas com a sua Missão e Valores.

STRICTO SENSU (Mestrado e Doutorado)

Em consonância com o Plano Nacional de Pós-Graduação (PNPG) 2011-2020, que tem como uma de suas metas a ampliação da Pós-Graduação no Brasil, a PUC-Campinas implantou, entre 2014 e 2016, cinco novos cursos de Mestrado Acadêmico: Sustentabilidade; Linguagens, Mídia e Arte; Ciências da Saúde; Sistemas de Infraestrutura Urbana; e Ciências da Religião; e, também, um novo curso de Doutorado em Educação, que somados aos cursos anteriormente existentes compõem Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu nas seguintes Grandes Áreas: Ciências da Saúde, Ciências Humanas, Ciências Sociais Aplicadas, Engenharias, Interdisciplinar e Linguística, Letras e Artes.

LATO SENSU (Especialização)

Com a finalidade de atender às demandas da sociedade e acompanhando a dinâmica do mundo do trabalho, a Universidade oferece sistematicamente Cursos de Especialização nas mais diversas áreas do conhecimento cujo objetivo principal é a atualização e o aprimoramento profissional.

Profa. Dra. Sueli do Carmo Bettine é Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação

 

 

ESPAÇO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

Universidade se apóia em ensino, pesquisa e extensão

Em setembro de 2015 aconteceram três eventos muito importantes na PUC-Campinas, o V Encontro Anual de Extensão Universitária, o XX Encontro de Iniciação Científica e o V Encontro de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico, momentos que envolveram professores pesquisadores, extensionistas e  alunos dos diversos cursos de graduação da Universidade,  que têm a oportunidade de apresentar os novos projetos e os resultados alcançados no ano  anterior.

Uma Universidade, para ter essa denominação, tem que se apoiar em atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão e o envolvimento dos alunos em projetos de Pesquisa e Extensão, sem dúvida alguma qualifica o ensino de graduação, além de abrir caminho para que os discentes sigam a carreira acadêmica, por meio da realização de cursos de Pós Graduação Stricto Sensu (mestrado e/ou doutorado),  ou se envolvam com projetos sociais e cheguem a resultados que possam contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população.

Esses são mais alguns exemplos de atividades que ocorrem fora da sala de aula e que contribuem para a formação integral da pessoa humana, um diferencial dessa Universidade expresso na sua Missão.